Tag Archives: USIM5

Usiminas, a prova de que errar é humano

Tem sido recorrente nos últimos anos os investidores fazerem apostas equivocadas nas ações votantes de Usiminas (USIM3). Isso começou em 2011 com a entrada da empresa ítalo-argentina Techint Ternium no capital da companhia. Naquela ocasião, os investidores pensaram que esse movimento geraria o direito de os minoritários receberem o valor pago aos controladores originais, conhecido como “tag along”. Contudo, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) frustrou essa pretensão. A CSN, importante minoritária da Usiminas, ainda questiona essa decisão no Judiciário.

Continuar lendo

Cuidado ao dizer que sua ação está barata

Em outubro, escrevi sobre as ações da Usiminas. A tese era a de que os investidores estavam comprando as ações ordinárias da siderúrgica (USIM3), mirando o direito ao “tag along”, ou seja, receber 80% do valor pago pelas ações do controlador em caso de troca de controle. Segundo minha hipótese, a razão da aquisição das ações derivava mais de um evento societário do que dos resultados operacionais da empresa. Alguns leitores, em e-mail enviado, deram argumentos de que as ações preferenciais da empresa estavam baratas. Embora meu enfoque tenha sido sobre as ações ordinárias e não sobre as preferenciais, tentarei respondê-los a seguir.

Continuar lendo

O ocaso de alguns setores na bolsa

O Ibovespa é criticado pela concentração excessiva em ações de companhias de setores cíclicos, especialmente serviços financeiros e commodities. Mas já foi pior. No início da última década, apenas um setor – o de telecomunicações – representava quase 50% do índice. Atualmente, o segmento responde por apenas 2,4%, representado por três empresas: Oi (Telemar e Brasil Telecom), Telefonica Brasil (a antiga Telesp com a Vivo) e TIM. Outro setor que vem perdendo importância nos últimos tempos é o siderúrgico. Por que isso ocorreu? O futuro pode ser mais alvissareiro?

Continuar lendo