Tag Archives: governança corporativa

A falta de governança ´aleija e até mata`

As ações da operadora de saúde Qualicorp (QUAL3) apresentaram queda de 29,4% na última segunda. A companhia assinou um contrato de não competição com seu Presidente e acionista indireto no valor de R$ 150 milhões por um período de seis anos.  Onde os analistas de mercado erraram? Como os investidores podem se precaver sobre riscos à governança?

Continuar lendo

A economia sem escassez dos candidatos

As ciências econômicas relacionam-se ao ramo de estudo que busca alocar de forma eficiente recursos escassos entre inúmeras alternativas com o fim de otimizar o bem-estar geral da sociedade. Por essa definição fica claro que o gestor público precisa priorizar o uso dos recursos tendo em vista que eles são limitados.

Contudo, os discursos de diversos candidatos e de parte da imprensa parecem não entender essa limitação matemática, além de não avaliarem os efeitos secundários das soluções mágicas.

Continuar lendo

Como medir a governança corporativa?

A governança corporativa se assenta em conceitos subjetivos como, por exemplo, o alinhamento entre controlador e minoritário.  Mas como quantificá-la?

Existem benefícios de as companhias serem transparentes, pois facilita a captação de recursos por intermédio de dívida ou emissão de novas ações o que ajuda a impulsionar o valor econômico no médio prazo. Mas quais itens relacionados à governança o investidor deve observar antes de comprar a ação de uma companhia?

Continuar lendo

A governança corporativa e os múltiplos das siderúrgicas

Apesar da desindustrialização da economia brasileira, nosso setor siderúrgico ainda mantém representantes no principal índice acionário brasileiro – o Ibovespa -, mostrando a relevância do segmento para a economia brasileira. Além de problemas estruturais como a competição dos importados, a demanda fraca e o custo dos insumos, o setor agora se depara com questionamentos sobre a governança corporativa das empresas. Como esse cenário turbulento tem afetado o múltiplo das companhias?

Continuar lendo