Tag Archives: BBAS3

A economia sem escassez dos candidatos

As ciências econômicas relacionam-se ao ramo de estudo que busca alocar de forma eficiente recursos escassos entre inúmeras alternativas com o fim de otimizar o bem-estar geral da sociedade. Por essa definição fica claro que o gestor público precisa priorizar o uso dos recursos tendo em vista que eles são limitados.

Contudo, os discursos de diversos candidatos e de parte da imprensa parecem não entender essa limitação matemática, além de não avaliarem os efeitos secundários das soluções mágicas.

Continuar lendo

O aliado virou algoz dos investidores

Em abril último, escrevi um artigo de alguma repercussão sobre o desempenho dos fundos de ações. Reportagens publicadas ilustravam que nos últimos anos esses fundos, em média, foram capazes de superar os índices da bolsa: Ibovespa, IBrX50 e outros.

A concentração dos indicadores em poucos papéis era, no meu entender, a principal razão da rentabilidade adicional obtida por nossos fundos. O Ibovespa, nosso principal índice acionário, é composto substancialmente de ações de estatais (Petrobras, Banco do Brasil, Eletrobras, Copel e Cemig), empresas de commodities e financeiras.

Mas não fui taxativo. No fim do artigo, deixava essa argumentação em suspenso ao fazer uma provocação: o gestor médio brasileiro obtinha esse bom desempenho em decorrência da qualidade de suas análises ou era realmente da má composição dos índices.

Já transcorridos oito meses, a rentabilidade de nossos fundos em 2016 traz nova luz sobre a questão?

Continuar lendo