Extremos

O dia seria prazeroso: bicicleta, cinema, cerveja com os amigos.

Dia longo: piscina, teatro seguido de jantar.

O mesmo dia, dois amigos.

Um se sentia bronzeado, o outro ardia.

O filme repercutia em João. Pedro mal se lembrava da peça.

O choro da atriz emocionou. A morte da bailarina já havia sido esquecida.

Um ria da chegada ao cinema após o início da sessão. O outro, orgulhoso da pontualidade.

Batata frita não combina com salmão grelhado.

A namorada morena gargalha. A loura sorri.

O cachorro amigo defecando no quintal. Peixe no aquário.

Ataque contra defesa. Artilheiro versus goleiro.

A intensidade como característica, a frieza como marca.

Pensamentos abstratos sem fórmulas. Fórmulas confiscadas dos pensadores.

Em um extremo, o hoje. Na outra ponta, o amanhã. Entre eles, o passado. Pipa, bola, professora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.