mercado de capitais

A bolsa não cresce, mas não por falta de novas cias

É consenso no mercado que o mercado acionário brasileiro tem poucos investidores e poucas empresas. Surge, então, a discussão circular: a bolsa não se desenvolve porque não há empresas ou faltam empresas porque não há investidores? Estudo da auditoria e consultoria tributária RSM mostra que o surgimento de novas companhias no Brasil tem sido superior ao de muitos países.

Continuar lendo

O investidor quer algo diferente

Para conquistar novos adeptos, mercado tem que oferecer avaliações menos burocráticas. Muitos investidores criticam os relatórios das corretoras por considerá-los parciais e tendenciosos, como se atendessem a seus próprios interesses e não aos do mercado. Embora conflitos desta natureza possam existir e devam ser coibidos, o principal problema não é este.

Continuar lendo