As ações dos bancos estão caras?

Com a apreciação do mercado acionário brasileiro nos últimos meses, as cotações das ações do Itaú Unibanco (ITUB4) e do Bradesco (BBDC4) atingiram suas máximas históricas. E aí, está na hora de vender essas ações?

Uma leitora fez a seguinte observação: “Com a subida da Bolsa no último mês, algumas ações como ITUB4 e BBDC4 estão quase chegando na sua máxima histórica. O governo editou recentemente MP para afrouxamento das regras de crédito imobiliário, carros, etc. Você se desfaria das ações de ITUB4 e BBDC4 neste momento?”

Uma observação importante. As cotações se valorizarem não significa necessariamente que as ações estejam caras. Imagine que o preço da ação tenha se valorizado 50%, enquanto, no mesmo período, o lucro da empresa tenha crescido 70%. Essa ação não está cara. Como o lucro cresceu mais do que a cotação, o múltiplo P/L cai cerca de 12% no período. Logo vender essa ação não parece ser uma boa opção.

As cotações de ITUB4 e BBDC4 atingiram seus maiores valores em três anos no pregão de 27 de agosto. Contudo, os múltiplos P/L (preço por lucro) atuais de ITUB4 e BBDC4 de 10,56 vezes e 10,7 vezes, respectivamente, ainda não atingiram suas máximas. O maior múltiplo de ITUB4 foi de 11,4 vezes alcançado em janeiro de 2012 e o de BBDC4 de 12 vezes ocorreu um ano depois. Assim, as ações preferenciais de Itaú ainda negociam com desconto de 7,4% para o múltiplo máximo em três anos, enquanto os papéis de Bradesco apresentam desconto de 10,8%.

TESTE

bradesco

Mas, por outro lado, os múltiplos atuais de ITUB4 e BBDC4 já deixaram para trás os múltiplos médios do período de 9,4 vezes e de 9,8 vezes, respectivamente, há muito tempo. Dessa forma, não dá para dizer que as ações estejam baratas. Então cara leitora, não venda toda a sua posição, mas que tal realizar parte dela?

Termos de Uso

As análises, opiniões, premissas, estimativas e projeções feitas neste blog são baseadas em julgamento do analista responsável e estão, portanto, sujeitas à modificação sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. O analista de investimento responsável por este blog declara que as opiniões contidas neste espaço refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia analisada ou fundos e foram realizadas de forma independente e autônoma. As opiniões contidas neste espaço podem não ser aplicáveis para todos os leitores devido aos diferentes objetivos de investimento e situação financeira específica. O autor não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizados por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações. Toda e qualquer decisão de investimento baseada nas opiniões aqui expostas é de exclusiva responsabilidade do investidor.

 

 

 

2 Comentários

  1. André, nós últimos três anos ações de bancos foram bastante afetadas com algumas medidas heterodoxas do atual governo e por isso, a o P/L médio do período foi baixo.
    Sei que é apenas uma questão de ponto de vista, e não de certo ou errado, mas não seria mais apropriado considerar também períodos maiores (5 ou mesmo 10 anos) para ter uma visão mais abrangente dos múltiplos históricos do setor?
    Abraço.

    1. Você fez uma observação pertinente.

      Mas a média do P/L dos últimos 5 anos para ITUB4 foi de 10,41 vezes, similar a do fechamento de 28/08 de 10,46 vezes. Houve um pico de 15 vezes no segundo semestre de 2009. Além disso, já trabalho com o lucro esperado para os próximos 12 meses e não o lucro passado. E, por fim, as ações se recuperaram muito forte nas últimas semanas em decorrência das pesquisas eleitorais.

      Assim, vender uma parte da posição pode ser saudável.

      Abraço

      André Rocha

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.