A bolsa de valores e a miopia corporativa

Ao participar da Expomoney em Recife, evento sobre finanças pessoais realizado na semana passada, me veio à mente o livro “Miopia Corporativa — Como a negação de fatos evidentes impede a tomada das melhores decisões,  e o que fazer a respeito”, de Richard S. Tedlow, no qual o autor mostra como administradores de empresas líderes — como a automobilística Ford, a varejista Sears, a fabricante de pneus Firestone e a de computadores IBM —, ao se recusarem a ver que mudanças ocorriam no ambiente econômico, acabaram colocando suas empresas em perigo.

Confira esta matéria na íntegra no site Valor Econômico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.