Alta da bolsa foi exagerada após pesquisas favoráveis à Marina Silva?

Após atingir a mínima de 44.965 pontos em 14 de março, o Ibovespa engatou uma alta forte que se acelerou com as pesquisas eleitorais favoráveis à oposição. Contudo, depois de alcançar 61.895 em 2 de setembro, o índice recuou batendo 56.927 pontos na ultima sexta, 12 de setembro. A bolsa está cara?

Primeiro, gostaria de corrigir a pergunta acima. A análise que fiz é sobre o índice Ibovespa e não sobre as ações de todas as empresas que compõem a bolsa brasileira. Como a carteira do Ibovespa é apenas uma parte da bolsa, a indagação correta seria então: “O Ibovespa está caro?”

Feita a ressalva passo a explicar a métrica que adotei para responder à questão. A Santander Corretora em relatório de maio de 2012 elaborou um gráfico, dividindo o Ibovespa atual pela média móvel dos seis meses anteriores. A região compreendida acima da média dessa razão mais um desvio padrão significa que o mercado está supercomprado (“overbought”). Nessa situação, uma realização dos ativos é esperada, com o índice recuando. Por outro lado, a área abaixo da média menos um desvio padrão indica que os investidores estão supervendidos (“oversold”). Assim, as ações podem se recuperar com a entrada dos investidores na bolsa novamente. Já havia utilizado esse gráfico em posts anteriores e o atualizei pegando o Ibovespa medido em pontos desde setembro de 2004.

Pelo gráfico, percebe-se que o rali que se iniciou em março aconteceu quando o índice dividido pela sua média estava abaixo da média menos um desvio padrão, logo na zona onde a bolsa estaria subvalorizada. A bolsa desde então engatou uma alta que se acentuou com a entrada da Marina Silva na disputa e com pesquisas eleitorais favoráveis à sua candidatura. Com isso, o índice transitou levemente pela região supercomprada de 25 de agosto a 5 de setembro. Contudo com a queda na última semana, o índice se aproximou da média do período em 12 de setembro.

TESTE

Assim, por essa métrica, não se pode dizer que a bolsa esteja cara. E o futuro? Há uma razão para que o desempenho da bolsa fique refém das pesquisas eleitorais nos próximos dias. Explicarei esse ponto no próximo post quando analisar o Ibovespa pela ótica do múltiplo P/L (preço por lucro).

Termos de Uso

As análises, opiniões, premissas, estimativas e projeções feitas neste blog são baseadas em julgamento do analista responsável e estão, portanto, sujeitas à modificação sem aviso prévio em decorrência de alterações nas condições de mercado. O analista de investimento responsável por este blog declara que as opiniões contidas neste espaço refletem exclusivamente suas opiniões pessoais sobre a companhia analisada ou fundos e foram realizadas de forma independente e autônoma. As opiniões contidas neste espaço podem não ser aplicáveis para todos os leitores devido aos diferentes objetivos de investimento e situação financeira específica. O autor não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizados por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso destas informações. Toda e qualquer decisão de investimento baseada nas opiniões aqui expostas é de exclusiva responsabilidade do investidor.

4 Comentários

  1. André, para responder à questão “a bolsa está cara?” Deve-se antes perguntar se médias móveis são um parâmetro adequado para se medir a relação preço e valor.
    O próprio gráfico indica que não, já que em 2007, quando os múltiplos eram injustificáveis e o excesso de liquidez permitia que o mercado fosse inundado com emissões de baixa qualidade, a linha estava apenas um pouco acima da banda superior.
    Em 2014, quando ninguém mais parece se interessar por ações e os IPOs estão congelados por falta de demanda, a linha encontra-se praticamente no mesmo lugar.

  2. A quem interessa o debate sobre a independência do Banco Central? Os banqueiros é claro. Li nos jornais que a Dilma convocou os representantes do bancos privados para baixarem os juros nos empréstimos bancários e financiamentos imobiliários. Os banqueiros é claro foram contra e acusaram o governo de intervencionismo nos sistema financeiro. Dilma convoca o Ministro da Fazenda/Banco Central para baixarem os juros do Banco do Brasil e Caixa Econômica e por “tabela” aprova a Lei da Portabilidade, ou seja, o cliente tem a opção de migrar para outro banco renegociando a dívida contraída. Com isso milhares de clientes migraram para o Banco do Brasil e CEF. Eu mesmo optei em migrar para o regional, Banco de Brasília e consegui reduzir a minha dívida na cobrança de juros. Até agora não vi, nem ouvi nenhum candidato a Presidente, deputado federal e senado em isentar os assalariados que ganham até 5 salários minimo de isenção do Imposto de Renda. Tem uma proposta da Luciana Genro em elevar o salário minimo para R$ 3.500,00 e os economistas dizem que é inviável. Independência do Banco central é viável? Dizem que vidente, economista e nuvem não tem previsão certa.

  3. O Pareto do Ibovespa consiste em PETR3 e PETR4, IFNC (Índice financeiro – diga-se: bancos) e VALE3 e VALE5. Ocasionalmente aparecem uma BRFS3 e uma ABEV3 para compor significativamente o índice no dia, mas via de regra o trio Petro-Bancos-Vale é que domina.
    Visto isso, vejamos como estão seus P/VP.
    Petro e Vale estão abaixo de 1, enquanto as grandes do IFNC perfilam por volta de 2.
    Considero esses níveis de expectativas baixos, mas condizentes com o cenário. Logo, o IBOV está no preço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. O autor deste site reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.