Yearly Archives: 2014

Dilma Rousseff e a bolsa de valores

O Teatro dos Vampiros, canção da Legião Urbana inserida no quinto álbum da banda brasiliense, possui os seguintes versos: “Vamos sair, mas não temos mais dinheiro / Os meus amigos todos estão procurando emprego / Voltamos a viver como há dez anos atrás / E a cada hora que passa / Envelhecemos dez semanas”. Segundo o jornalista Arthur Dapieve, Renato Russo compôs esses versos para retratar a situação vivenciada por seus amigos após a implantação do Plano Collor no início da década de 90. Embora o momento econômico atual seja superior ao daquela época, a sensação para quem milita no mercado acionário é a de que “voltamos a viver como há dez anos”. O que esperar para a bolsa no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff?

Continuar lendo

Uso o múltiplo P/L projetado ou o histórico?

O múltiplo P/L (preço por lucro) é uma das ferramentas mais usadas na análise fundamentalista. Ela é muito útil, pois não se atém apenas ao preço da ação como na análise gráfica, mas leva em conta também o desempenho operacional da empresa representado pelo lucro por ação. Mas qual lucro eu devo usar: o projetado para os próximos exercícios ou o de períodos passados? Como tem sido a relação entre o múltiplo histórico e o projetado? Existe um comportamento padrão entre esses dois indicadores? Como se encontra atualmente essa relação?

Continuar lendo

IPO: Cosan Logística versus BB Seguridade

Em setembro, a empresa de energia Cosan (CSAN3) anunciou a cisão de sua atividade de logística, criando a Cosan Logística. As ações dessa empresa passaram a ser negociadas de forma independente sob o código RLOG3. Em 2013, o Banco do Brasil (BB) havia aberto o capital de sua empresa de seguros. Com isso, a BB Seguridade passou a ser listada em bolsa. Embora tanto a Cosan quanto o BB tenham realizado a abertura de capital (IPO, da sigla em inglês) de unidades de negócios específicas de forma a dar maior visibilidade a elas, existem diferenças relevantes para os acionistas da companhia original.

Continuar lendo