Monthly Archives: janeiro 2014

Existe fórmula de sucesso para investir em ações?

Uma das perguntas que mais me fazem nos cursos sobre investimento em ações que ministro é se existe uma “regra de bolo” para se conseguir sucesso. Essa pergunta é complexa, pois depende de vários aspectos. Minha experiência mostrou que se pode ter sucesso com diferentes táticas. O mais importante é conhecer regras básicas para se evitar investimentos arriscados.

Continuar lendo

Operar vendido é análise fundamentalista?

Com o pessimismo prevalecendo no mercado acionário, os especialistas sugerem algumas alternativas para se ganhar dinheiro apostando contra a bolsa como, por exemplo, o aluguel de ações, ficar vendido em mercado futuro, lançar opções de venda ou montar estratégias “long/short”. Mas essas operações fazem parte da análise fundamentalista?

Continuar lendo

O desafio da análise das “growth stocks”

Segundo o conceituado gestor Benjamin Graham, uma “growth stock” é definida como a ação de uma empresa que teve crescimento do lucro acima da média no passado e da qual se espera o mesmo no futuro. Logo é normal que os investidores queiram incorporá-las a sua carteira de ações. Contudo, a seleção desses ativos não é fácil.

Continuar lendo

Uma cirurgia ou o reflexo do modo de pensar do analista de ações na vida privada

Em novembro, percebi uma saliência no abdômen. Sentia dores na região também. Após a visita ao médico, o diagnóstico: uma hérnia umbilical. Cirurgião escolhido, operação marcada, passei a analisar a situação com o mesmo paradigma mental que utilizo para avaliar as companhias. O leitor deve estar se perguntando: o que um problema pessoal tem a ver com um blog sobre o mercado acionário. Explico. Percebi que, embora a profissão de analista tenha me dado instrumentais importantes para encarar o dia a dia, não funcionou para uma questão relacionada à saúde. Quais as técnicas da análise fundamentalista e a experiência de mercado têm contribuído positiva e negativamente para a minha vida privada?

Continuar lendo